Logo - Secovi Goiás  Sindicato dos condomínios e imobiliárias
09 Fev 2024
Fonte: Secovi Goiás

Todos contra o Aedes aegypti

No dia 9 de fevereiro, reunião no Ministério Público do Estado de Goiás discutiu estratégias e ações voltadas para a orientação e combate ao Aedes Aegypti. A ação é mais um resultado da parceria SecoviGoiás e MP-GO para a prevenção e promoção da saúde, buscando contribuir efetivamente e traçando um plano de trabalho para o combate ao mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya.
De acordo com a Secretaria de Saúde de Goiás (SES-GO), as cinco primeiras semanas de 2024 registraram um aumento de 70% de casos de dengue no estado, em relação ao mesmo período em 2023. Dados do Ministério da Saúde afirmam que, até o dia 7 de fevereiro, foram contabilizados 23.258 casos da doença e 4 mortes em Goiás.
“A parceria SecoviGoiás e MP-GO visa, especialmente, conscientizar e sensibilizar imobiliárias, síndicos, administradores e colaboradores de condomínios sobre essa questão emergencial, buscando soluções conjuntas, concretas e viáveis. O envolvimento de todos na prevenção e combate ao Aedes Aegypti ajuda a garantir a saúde e o bem-estar de cada um”, enfatiza o presidente do SecoviGoiás, Antônio Carlos da Costa.
COMBATE
Para o combate eficiente ao Aedes Aegypti, transmissor dos vírus da dengue, chikungunya e zika, é indispensável o envolvimento de todos os moradores, verificando os locais que possam acumular água na residência, como latas, embalagens, copos plásticos, tampinhas de refrigerantes, vasinhos de plantas, jarros de flores, garrafas, caixas d’água, tambores, sacos plásticos, lixeiras, entre outros. É preciso ficar atento e eliminar todos os pontos que possam servir de criadouro para o mosquito. 

 

Compartilhe :
Como podemos te ajudar?
Como podemos te ajudar?
Escolha um departamento
2ª CCA
ASSOCIE-SE
SECOVIMED
CURSO
RH/GESTÃO DE PESSOAS
JURÍDICO