Home Informativos Conscientização sobre o novo coronavírus
Gostou? Compartilhe:
Facebook Twitter Whatsaap+
Data: 02/03/2020
Conscientização sobre o novo coronavírus
O QUE É O CORONAVÍRUS?
Os coronavírus são uma grande família de vírus que podem causar doenças em animais e humanos. Em humanos, os coronavírus provocam infecções respiratórias, que variam do resfriado comum a graves doenças, com a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS) e a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS). O coronavírus descoberto, recentemente, causa a doença COVID-19.
 
O QUE É A COVID-19?
COVID-19 é a doença infecciosa causada pelo último coronavírus descoberto em dezembro de 2019. Este novo vírus, chamado SARS-Cov2, e doença eram desconhecidos antes do início do surto em Wuhan, na China.
 
QUAIS SÃO OS SINTOMAS DA COVID-19?
Os sintomas mais comuns são febre, cansaço e tosse seca. Alguns pacientes podem ter dores, congestão nasal, corrimento nasal, dor de garganta ou diarreia. Esses sintomas, geralmente, são leves e começam gradualmente.
Algumas pessoas são infectadas, mas não apresentam sintomas e não se sentem mal. A maioria das pessoas (cerca de 80%) se recupera da doença sem precisar de tratamento especial. Cerca de 1 em cada 6 pessoas infectadas pelo coronavírus que causa a COVID-19 fica gravemente doente e desenvolve dificuldade para respirar.
As pessoas idosas e as pessoas com problemas médicos subjacentes, como pressão alta, problemas cardíacos ou diabetes, têm maior probabilidade de desenvolver doenças graves. Pessoas com febre, tosse e dificuldade em respirar devem procurar atendimento médico e informar se estiveram em viagens fora do Brasil.
 
QUANTO TEMPO O VÍRUS SOBREVIVE NA SUPERFÍCIE?
Não se sabe quanto tempo o vírus que causa a COVID-19 sobrevive na superfície, mas ele parece se comportar como outros coronavírus. Estudos sugerem que os coronavírus (incluindo informações preliminares sobre o vírus que causa a COVID-19) podem persistir nas superfícies por algumas horas. Isso pode variar sob diferentes condições, como o tipo de superfície, temperatura ou umidade do ambiente.
Caso você suspeite que uma superfície pode estar infectada, limpe-a com um desinfetante simples para matar o vírus e proteger a si e aos outros. Higienize as mãos com álcool gel a 70% ou água e sabão. Evite tocar os olhos, boca ou nariz.
 
EXISTE UMA VACINA, MEDICAMENTO OU TRATAMENTO PARA A COVID-19?
Ainda não. Até o momento não há vacina nem medicamento antiviral específico para prevenir ou tratar a COVID-19. No entanto, as pessoas afetadas devem receber cuidados para avaliar os sintomas. Pessoas com doenças graves devem ser hospitalizadas. A maioria dos pacientes se recupera com cuidados de suporte.
Possíveis vacinas e alguns tratamentos medicamentosos específicos estão sob investigação. Eles estão sendo testados através de ensaios clínicos. A OMS está coordenando esforços para desenvolver vacinas e medicamentos para prevenir e tratar a COVID-19.
As maneiras mais eficazes para proteger-se contra o novo coronavírus são higienizar frequentemente as mãos, cobrir a boca e o nariz ao tossir e manter uma distância de pelo menos 2 metros das pessoas que estão tossindo ou espirrando.
 
DEVO CANCELAR A MINHA VIAGEM?
Depende. Seguindo a recomendação do Centers of Disease Controland Prevention (CDC), dos EUA, que classificou os países conforme os potenciais riscos à saúde (alertas de viagem), os níveis e recomendações são (até o momento):
 
• Países Nível 3 (China e Coreia do Sul): evitem todas as viagens não essenciais para os destinos;
• Países Nível 2 (Irã, Itália e Japão): considerar adiar a viagem;
• Países Nível 1 (Hong Kong): não está recomendado o cancelamento ou adiamento de viagens, pois o nível é baixo;
• Não há qualquer restrição aos demais países.
 
Ao viajar tome alguns cuidados como:
• Evite contato com pessoas doentes;
• Evite tocar os olhos, nariz e boca;
• Higienize as mãos com sabonete e água por pelo menos 40 a 60 segundos ou álcool gel 70% por pelo menos 20 a 30 segundos. É especialmente importante lavar as mãos após ir ao banheiro, antes de comer e após tossir espirrar ou assoar o nariz.
 
VIAGENS NACIONAIS ESTÃO LIBERADAS?
Sim. Neste momento não há qualquer restrição para viagens nacionais.
 
VOOS COM ESCALAS DEVEM SER EVITADOS?
Sim, escalas nos países com maior risco de contaminação (países Nível 3) devem ser evitadas. Caso não possa evitá-las, não saia do aeroporto e preste atenção à higiene das mãos.

É SEGURO VIAJAR EM UM CRUZEIRO?
Não. Os cruzeiros concentram uma grande quantidade de pessoas, geralmente das mais variadas nacionalidades, em contato frequente e próximo. Isso pode promover a disseminação de vírus respiratórios como o COVID-19.
Para reduzir a propagação de doenças, as recomendações para os membros da tripulação e passageiros são:
 
• Evite contato com pessoas doentes;
• Evite tocar os olhos, nariz e boca;
• Higienize as mãos com sabonete e água por pelo menos 40 a 60 segundos ou álcool gel 70% por pelo menos 20 a 30 segundos. É especialmente importante lavar as mãos após ir ao banheiro, antes de comer e após tossir espirrar ou assoar o nariz.
• Fique em sua cabine se você estiver doente e notifique imediatamente o centro médico o navio em caso de febre de 38oC ou mais, se sentir febril ou tiver outros sintomas como tosse, nariz escorrendo, falta de ar ou dor de garganta.
 
QUAL É O RISCO DE CONTAMINAÇÃO PELO NOVO CORONAVÍRUS EM UM AVIÃO?
Por conta da circulação do ar e a forma como ele é filtrado nos aviões, a maioria dos vírus e outros micro-organismos não se espalha facilmente. Apesar de o risco de infecção ser baixo, viajantes devem tentar evitar contato com passageiros doentes e higienizar as mãos com sabonete e água por pelo menos 40 a 60 segundos ou álcool gel 70% por pelo menos 20 a 30 segundos.

VIAJEI RECENTEMENTE PARA UMA ÁREA AFETADA PELA COVID-19 E FIQUEI DOENTE. O QUE FAZER?
Se você esteve em um país com epidemia da COVID-19, nos últimos 14 dias, e está sentindo febre, tosse ou dificuldade para respirar você deve:
 
• Procurar ajuda médica. Ligue antecipadamente para o serviço de saúde e avise sobre a sua viagem e sintomas;
• Evite contato com outras pessoas;
• Não utilizar transporte público enquanto estiver doente;
• Cubra a boca e o nariz quando tossir ou espirrar, preferencialmente com lenço descartável. Em seguida, descarte-o imediatamente e higienize as mãos frequentemente com água e sabonete, por pelo menos 40 a 60 segundos ou álcool gel 70% por pelo menos 20 a 30 segundos, para evitar espalhar o vírus para os outros.
 
O QUE É E QUEM DEVE FICAR EM ISOLAMENTO RESPIRATÓRIO DOMICILIAR?
O isolamento respiratório domiciliar significa permanecer em casa, com pouco ou nenhum contato com outras pessoas. Ele é indicado para:
 
a) casos suspeitos ou confirmados da COVID-19 sem necessidade de internação;
b) pacientes assintomáticos vindos da China e Coréia do Sul (Nível 3 de alerta - CDC);
c) pacientes assintomáticos com contato de caso confirmado ou suspeito pelo novo coronavírus (contactantes).
É uma medida de segurança para tentar evitar a disseminação da doença. Nos casos suspeitos, quando o exame específico para o novo coronavírus for negativo, suspender o isolamento respiratório.
O paciente deve:
• Permanecer em isolamento domiciliar voluntário (em casa) durante 14 dias (a partir da data de chegada no Brasil);
• Manter distância dos demais familiares, permanecendo em ambiente privativo;
• Manter o ambiente da sua casa com ventilação natural;
• Utilizar a máscara cirúrgica descartável durante este período, as quais devem ser trocadas quando estiverem úmidas;
 • Não frequentar a escola, local de trabalho ou locais públicos e só sair de casa em situações de emergência durante o isolamento;
• Cobrir o nariz e a boca com lenço descartável ao tossir ou espirrar;
• Higienizar as mãos com sabonete e água por pelo menos 40 a 60 segundos ou álcool gel 70% por pelo menos 20 a 30 segundos. É especialmente importante lavar as mãos após ir ao banheiro, antes de comer e após tossir espirrar ou assoar o nariz.
• Evitar tocar boca, olhos e nariz sem higienização;
• Não compartilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal.
 
Fonte: Fonte: https://vidasaudavel.einstein.br/covid-19-faq
Av. Fued José Sebba, esq. com Rua 32, Qd. A22 - Lt. 22/24 - Jardim Goiás - Goiânia - Goiás
CEP: 74805-100 | 62 3239-0800