Home Informativos Audiência Pública discute medidas para evitar afogamento de crianças
Gostou? Compartilhe:
Facebook Twitter Whatsaap+
Data: 21/10/2019
Audiência Pública discute medidas para evitar afogamento de crianças
Integrantes da diretoria de condomínios do SecoviGoiás participaram, no dia 21 de outubro, na Sala de Comissões da Câmara Municipal de Goiânia, de audiência pública que discutiu os casos de afogamento de crianças na capital e região metropolitana. Condições de segurança, prevenção e medidas que precisam ser consideradas para evitar outros afogamentos foram abordadas na audiência, promovida pelo presidente da Comissão dos Direitos da Criança e do Adolescente, vereador Emilson Pereira.
De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria – SBP, o afogamento é a principal causa de morte não intencional de crianças com menos de cinco. As ocorrências acontecem duas vezes mais entre meninos do que meninas. A SPB ainda alerta que uma criança pode se afogar em 5 a 8 centímetros de água dentro de 30 segundos, ou seja, os afogamentos podem ocorrer muito rápido e não precisa necessariamente ser em uma piscina.
 
Sugestões para uma diversão segura
Algumas dicas para que a diversão não se transforme em tragédia.
Natação
É recomendável que as crianças tenham aulas de natação com instrutores qualificados ou em escolas de natação especializadas. Quanto antes começarem a aprender, mais seguras ficarão na piscina.
Cercas
Piscinas devem ser protegidas com cercas que não possam ser escaladas e com portões com cadeados ou travas de segurança.
Sempre alerta
Crianças em piscina somente com o monitoramento em tempo integral de um adulto. Um pequeno descuido pode resultar em afogamento.
Equipamentos de segurança
Equipe as crianças com boias e coletes, de acordo com a idade e peso da criança.
Conscientização
Conscientizar as crianças sobre os perigos da piscina e o comportamento seguro na mesma. Alertar para os riscos de correr em volta da piscina, empurrar outras crianças ou pular na água sem conhecer a profundidade do local.
Drenagem e saída de água
Impedi-los de se aproximar dos pontos de drenagem e de saída de água da piscina, pois podem ser puxados pela sucção ou se lesionar com os mecanismos de limpeza da piscina.
Adormecidos
Crianças dormindo próximo à piscina devem ser monitoradas atentamente, pois podem acordar e procurar a água para brincar.
Telefones úteis
SAMU: 192 e Corpo de Bombeiros: 193.
Av. Fued José Sebba, esq. com Rua 32, Qd. A22 - Lt. 22/24 - Jardim Goiás - Goiânia - Goiás
CEP: 74805-100 | 62 3239-0800